Think Tank Tuga

Wednesday, March 30, 2005

Aviso para Zé das Couves

A Portugal Telecom está a levar a cabo uma acção de captação de novos talentos nas áreas artisticas, o Mundo Mix PT 2005 . Eu ando a ver se convenço o Zé das Couves a concorrer, ele é um rapaz multifacetado, sobretudo para a música e para a rádio, e isto podia ser uma boa oportunidade para ele dar nas vistas.

Novo blog de salsa

Já existe um novo blogue sobre salsa em Portugal. Eu como salseiro viciado que sou, não podia deixar de subscrever. Está na minha lista de ligações.

Tuesday, March 29, 2005

Medicina Desportiva

O Fernando Mamede, um ex-atleta de renome mundial do Sporting (bateu o record do mundo dos 10000 metros) deu hoje uma entrevista no DN a dizer uma coisa muito importante: o que diferencia Portugal, em termos desportivos, das grandes potências Europeias e mundiais, é o apoio médico prestado aos atletas. Cá ainda não temos uma rede integrada de apoios em qualidade e quantidade, que vai desde o fisioterapeuta, passando pelo massagista, até ao médico. Isso explica que os nossos atletas em muitos casos andem meses ou anos com lesões não diagnosticadas ou mal tratadas, o que acaba por influenciar as suas marcas, enquanto que numa Suécia, os atletas são constantemente e escrupulosamente acompanhados. Logo, ao mais alto nível, não constitui surpresa as vitórias Portuguesas serem conseguidas sobretudo a nível individual, em detrimento do grupo, pois é mais fácil sozinho procurar outros apoios, ou como fazem muitos atletas, emigrar para Espanha, onde a realidade em termos de medicina desportiva já é bem diferente.
Os médicos Portugueses deviam olhar com atenção para esta área, e mesmo tê-la em consideração na altura de escolherem uma especialidade. É um nicho de mercado absoluto. Faltam profissionais em quantidade e em qualidade. Os nossos atletas merecem bem melhor do que têm!

Sunday, March 27, 2005

Podcast

O Duarte já tem um sítio oficial do seu inéditoPodcast, o Blitzkrieg Pop. Oiçam que não se vão arrepender!

Crónica de uma viagem, parte 2

8h15 - Despertar. Foi a primeira vez que comi choco pops em pó e aquecidos em micro-ondas. Coisas de países civilizados...
Hesito que gravata escolher, mas acabo por escolher uma vermelha com uns elefantezinhos.

10h00 - Duplo Café expresso junto a Tavistock Square. Preciso de manter-me vigil a todo o custo. Peço o código numérico que me dá acesso à casa de banho e lavo a cara com água gelada umas 10 vezes.

11h15 - BMJ editorial, Tavistock Square. A entrevista começa a horas. Para meu pavor são quatro pessoas a entrevistar-me!

13h00 - Reencontro a minha amiga e adversária para o emprego junto à Igreja de St. Pancras. O Pedro Gomes não tarda em juntar-se, e dirigimo-nos todos para almoçar no Pizza Express da Euston Road. Ao contrário do que possam pensar, não é uma cadeia de fast-food, mas sim um restaurante finório.

15h00 - Despeço-me da minha amiga enquanto lhe desejo sorte para a entrevista. Com passagens por Harvard, Organização Mundial de Saúde, e presentemente Rotary Scholar na Alemanha, temo que ela não vai dar qualquer hipótese (nota: na altura em que escrevo este texto ainda não foi divulgado qual foi a pessoa seleccionada). O meu currículo, se bem que com uma experiência técnica respeitável não tenhum nome sonante. O único que tem é BMJ, em Londres, e esse também consta da lista dela. Agora é que começo a sentir na pela a ameaça dos países de Leste. Eles são 1000 vezes mais determinados e como tal papam as oportunidades todas e tornam-se mais bem preparados. É uma pescadinha de rabo na boca num sentido positivo.

18h15 - Pago 1 libra para ir à Internet num computador público da sala de embarque do aeroporto de Stansted. Aquilo não funciona. Fico irado.

21h30 - Reecontro com a Fati junto às chegadas Norte do aeroporto do Porto. Rapidamente chegamos ao Arrábida Shopping para uma Francesinha. Já há uns anos que não comia uma, soube mesmo bem.

23h15 - Havana, Cais de Gaia - nem acredito que estou a dançar umas salsas com as salseiras do Porto, ainda por cima de fato! A Fati teve de me arrastar dali para fora, se não ia acabar por perder o autocarro!

00h15 - Estação dos Expressos, Rua Alexandre Herculano. Aquilo é mesmo soturno, para principal estação de camionagem do Porto, está pelas ruas da amargura...

5h00 - Casa, finalmente. Consulto os emails, como qualquer coisa, e lá me deito, para dormir as minhas preciosas 1h30 antes de rumar ao trabalho. Valeu a pena? Bem, para além de ter papado uma viagem de borla, deu-me para perceber que a minha mais que previsível "derrota" boicotou-me por enquanto a possibilidade de uma carreira internacional. A única coisa palpável que vislumbro agora no horizonte é uma carreirazinha no serviço nacional de saúde, que não me entusiasma assim muito...

Miss Saigon

O musical Miss Saigon vem a Portugal em Janeiro de 2006, nem acredito, sempre foi um dos meus sonhos ir vê-lo! Mais vale tarde do que nunca...

Mais uma low-cost em Lisboa

Mais uma boa notícia para o nosso país ultra-periférico. A Vueling é uma recém-criada companhia aérea de baixos custos sediada em Barcelona e que vai passar a voar para Lisboa. Estive a fazer uma simulação para os feriados Junho, e dá qualquer coisa como 66 euros ida e volta com taxas! Tenho que fazer uma lista de ligações só com companhias low-cost no meu blog!

Friday, March 25, 2005

Paula Ravasco

Paula Ravasco, uma nutricionista do Hospital de Santa Maria, e quase médica, foi contemplada com o prémio Eminent Scientist of the Year 2004 & Millenium Golden International Award, pelo seu estudo sobre a alimentação hospitalar em doentes com cancro. É mais um caso de sucesso de um talento e de um trabalho 100% "made in Portugal" reconhecido lá fora que me deixou muito contente e me fez esquecer por instantes o marasmo e a mediania da situação do país. Espero que as oportunidades lhe batam à porta e que ela dê o salto que lhe permita ir lá para fora, e com outras condições, desenvolver ainda mais o seu trabalho.

Crónica de uma viagem - parte 1

Estive fora do País... por 18 horas! Pois é, fui a uma entrevista de emprego em Inglaterra. Aqui fica a descrição de uma viagem:

14h04, Estação do Oriente - Apanho o Alfa Pendular para o Porto e conheço logo uma Brasileira que vai apanhar o mesmo avião que eu no Aeroporto Francisco Sá Carneiro. Ficamos na dúvida em como é que vamos para o aeroporto.

16h50, Gaia - telefono a uma conhecida do fórum salsaPortugal, que se voluntaria logo para me ir buscar a mim e à Brasileira à estação e chegar ao Aeroporto. Tinha ganho o dia! Uma tipa muito fixe (nunca a tinha conhecido pessoalmente), nos seus trinta e muitos e com um elevado nível cultural. Disse logo que me iria buscar no dia seguinte ao aeroporto, levar-me a jantar e a dançar salsa no Havana de Gaia. O meu coração salseiro palpitou logo de alegria! Passeámos pela Baixa do Porto e pela Ribeira antes de rumar ao aeroporto, e ainda houve tempo para espreitar o Metro do Porto.

21h15, Aeroporto Francisco Sá Carneiro - Estava na hora de apanhar o vôo da Ryanair para Londres. Nada a assinalar

23h30, Aeroporto de Stansted - O namorado da Brasileira está a esperá-la. É um tipo muito mitra, com aquele ar da pesada e de puto rebelde. Oiço logo, "Hello baby!", e imagino logo aqueles filmes dos fugitivos da penitenciária com a sua amada, a fugirem pela route 66 fora na sua Harley Davidson!

02h00, Estação de Comboios de Victoria, centro de Londres - preciso de descobrir onde é que se apanha o autocarro N343, que me vai levar até Borough, onde me vou encontrar com o meu amigo Pedro. Ao contrário de Lisboa, em Londres não tenho medo nenhum de apanhar um autocarro nocturno, com tante gente a circular. E depois ainda dizem que somos os maiores noctívagos da Europa!

03h00, Residência da London School of Economics em Great Dover Street - lá me encontro com o Pedro e tomamos uma sopa de espinafres que ele tinha acabado de fazer. Toca a deitar que amanhã enfrento uma prova de fogo.

CONTINUA...

Sunday, March 20, 2005

1ª Feira Erótica em Portugal

Seremos ainda o país dos brandos costumes? Pela primeira em Portugal, vai haver a 1ª Feira Erótica na FIL, com a presença dos maiores actores pornográficos do mundo. As últimas novidades em termos de pornografia, acessórios eróticos, enfim, estão a ver a coisa não estão?
Será que isto irá registar muita adesão, ou irão os Portugueses conter as suas pulsões sob pena de ficarem mal vistos pelos amigos, vizinhos ou patrão?

Uma Húngara muito especial em Portugal

Então não é que a irmã do malogrado ex-futebolista Húngaro do Benfica, Miklos Féher, veio viver para Portugal este ano para trabalhar... como modelo. Vai estrear-se hoje na Moda Lisboa. A miúda é de facto, lindíssima, e de uma beleza exótica, e vai provavelmente destroçar muitos corações. No entanto, tem dois cursos superiores, e muita bagagem académica e cultural, como não podia deixar de ser em alguém oriundo de um páis onde a educação e a cultura sempre foram a imagem de marca. Não vai ser qualquer um a conseguir conquistá-la!

Podcast

Quando se tem amigos geniais, arriscamo-nos a ver eles fazer coisas geniais.
O meu grande amigo Zé das Couves tornou-se o primeiro Português a lançar um Podcast 100% nacional. Em primeiro lugar os meus parabéns a ele.
Um Podcast é uma espécie de rádio na internet, mas transmitida em diferido. Os programas estão previamente gravados, e portanto a pessoa não precisa de se ligar a uma certa hora para ouvir.
Gostei. O Zé das Couves aposta nitidamente em novos valores da música nacional que não são muito conhecidos, e contribui assim para contrariar o vergonhoso quase embargo à música nacional das nossas rádios. Iniciativas assim são de louvar. É que a música que ele passa é mesmo, mas mesmo boa. Para além de passar Portugas, também nos presenteia com excelente música alternativa, sobretudo bandas estrangeiras também menos conhecidas e não comerciais. Só espero que ele consiga algum aproveitamento comercial disso, pois acho que ele tem futuro na rádio ou nos multimédia, e vai precisar de se alimentar.
De resto, ele tem ainda que aperfeiçoar a voz, ou pensam vocês que a voz sexy da Joana Cruz da Mega FM é de nascença? Aquilo exije muito treino, mas de qualquer maneira, o Zé das Couves está no bom caminho.

Saturday, March 19, 2005

Medicamentos nos hipermercados

O problema da venda dos medicamentos sem receita nos hipermercados e talvez bombas de gasolina está a gerar demasiada celeuma. O problema tem a sua importância, mas vamos pôr as coisas no devido lugar. É claro que é útil ter os medicamentos disponíveis não apenas nas farmácias, até porque os preços irão assim descer, entre outros aspectos positivos. Existem algumas desvantagens, mas sendo esta uma prática que já existe há anos em vários países Europeus e nos EUA, não vejo assim muitos entraves cultural à sua implantação em Portugal. As vantagens suplantam as desvantagens, para benefício de nós todos. Não é preciso é haver este alarido todo, há coisa bem mais importantes para investirmos as nossas energias.

Novas publicações

Podem chamar-me taradão eu vir aqui falar de revistas masculinas em tão curto espaço de tempo (os leitores assíduos da minha coluna recordar-se-ão das considerações recentes que teci sobre a Pimpinha), mas não resisto a comentar o aparecimento da nova revista masculina, a FHM. Como se a Men's Health e a Maxmen não bastassem, chegou a Portugal o adversário provavelmente mais temido do sector, sendo líder de mercado em 21 dos 27 países em que está presente, ao ponto do director adjunto da Maxmen se ter despedido e transferido para a FHM. Sejamos francos, é claro que as mulheres são o ponto forte da revista, mas os artigos abrangem muitos outros temas, desde os desportivos até aos culturais, sempre com muita piada. Entre a Maxmen e a FHM fico sem saber ao certo qual a melhor. O que para mim foi definitivamente uma revelação foi a menina que teve a honra de inaugurar a capa, a Rita Andrade, da SIC Radical. É que a miúda tem um corpo de sonho (mesmo...), provavelmente construído à custa do surf, que diz praticar. Para além do sex appeal, apresenta também como credenciais um curso de jornalismo, o domínio do piano clássico, a prática do surf, como já referi, e toda a bagagem da TV, quer como apresentadora, quer como actriz. Quem é que não sonha com uma mulher assim?

Mas pronto, para os mais intelectualóides que provavelmente estão a ficar fartos dos meus posts mais mundanos, fiquei também agradado com a estreia da versão Portuguesa da Courrier International, uma revista sobre a actualidade Internacional, é uma espécie de Time ou Newsweek Europeia, mas com muito mais categoria. Hoje em dia, o problema é mesmo escolher o que ler!

Monday, March 14, 2005

Desabafo

Hoje o meu dia foi para esquecer. O meu chefe fez asneira da grossa, e cometeu um grande erro de negligência médica. A doente está pior do que quando lá entrou, e provavelmente não vai sobreviver. E depois há uma enfermeira que gosta de me fazer a vida negra, e está sempre a ver quando é que eu dou um deslize para me poder criticar à frente dos doentes e humilhar-me. O pior é que as enfermeiras mandam nos serviços, e se nós lhes fazemos frente, vamos dificultar muito a nossa vida. Por isso, e por muito que me apeteça mandar-lhe umas bocas, não posso. Sou muito pequenino lá para poder dar-me ao luxo de ser eu próprio. Finalmente, há que levar com a má-educação dos familiares dos doentes, que pensam que os médicos estão 24h disponíveis para tratar do seu parente, que não fazemos mais nada, e que julgam que nós fazemos coisas que só as enfermeiras sabem fazer. A verdade é que não têm culpa de que nós somos novos, temos pouca experiência, não sabemos a resposta a todas as perguntas, e de que o nosso chefe saiu às 13h para ir para o seu consultório. Enfim, hoje precisava de desabafar.

Sunday, March 13, 2005

Portugal nos Jogos Olímpicos de Inverno

Isto é demais. Parece que finalmente Portugal tem um atleta nos Jogos Olímpicos de Inverno! Sim, qualificou-se na semana passada nos Campeonatos do Mundo de Ski de fundo em Oberstdotrf, na Alemanha, para os Olímpicos de Turim, em 2006. O problema começa aqui. É que o tipo, que para sobreviver é professor de línguas, não tem apoios financeiros (como é costume acontecer a muito boa gente em Portugal), e então ele disse que vai vender a casa e o carro para poder participar. Além disso, como cá não há neve, ou é de pouca dura, ele treina com uns skis com rodas para andar na estrada!

Metro do Porto

O Metro do Porto, em 3 anos, passou a ter a dimensão do metro de Lisboa, que demorou 45 anos a perfazer os modestos 36 km de rede que tem. Hoje é inaugurada a linha vermelha (B), o que significa que o metro do Porto vai passar a funcionar pela primeira vez em rede. É uma pouca vergonha, considerando que o metro em Lisboa faz muita falta e a sua extensão tem sido feita a conta gotas, havendo imensas zonas da cidade desprovidas deste meio de transporte. Por isso, não percebo como é que a extensão da linha vermelha do metro de Lisboa (entre Alameda e São Sebastião, uns míseros 2 km), demora 4 anos a concluir, e para mal dos nossos pecados, só lá para 2008 (e estou a ser optimista!) A extensão da linha Azul, da Baixa Chiado até Santa Apolónia, que não faz assim muita falta, diga-se de passagem, está atrasada 7 anos devido à inundação da frente de obras em 1998, enquanto que troços importantes como a extensão da linha amarela do Rato até Alcântara, a extensão da linha vermelha até ao Aeroporto, etc..., ainda não saíram do papel. Por isso, vamos continuar a atulhar as ruas de Lisboa de carros e a desesperar nos lentos autocarros da Carris durante os próximos anos. Até que o panorama mude, acho que já devo ser pai...
No final do ano, o Porto irá dispor de uma rede de metro com o dobro do tamanho da de Lisboa, e não vai ficar por aqui!

Saturday, March 12, 2005

Feira Social

É de louvar o esforço de realizar em Lisboa a 1ª Feira Social , que consiste na "primeira mostra global de projectos sociais desenvolvidos e implementados em Portugal." Este é o género de coisa que caracteriza os países mais desenvolvidos, e traz alguma esperança saber que a tradicionalmente letárgica sociedade civil Portuguesa está a mexer-se.

Thursday, March 10, 2005

Reflexões sobre eventos desportivos

Vicente de Moura deu uma grande entrevista ao DN, a dizer que gostava de ver uma candidatura de Portugal aos Jogos Olímpicos algures entre 2016 e 2024. Até aqui tudo bem, mas o homem confessou que estava contra o Euro, e que nunca acreditaria que teria o sucesso que teve. Segundo ele, uns jogos Olímpicos serão o catalisador do desenvolvimento do desporto em Portugal.
Estou pessimista. Não vai ser por construirmos, em vez de estádios de futebol, pavilhões para desportos de combate ou velódromos, que o nível do desporto em Portugal vai necessariamente evoluir. Mais importante que isso é haver toda uma política e uma estratégia para o desenvolvimento harmonioso do desporto. De que é que me serve ter infra-estruturas de ponta se o programa do desporto escolar não é eficiente? Se calhar, tanto quanto o estádio de futebol, que foi construído para o Euro, e que agora anda a apanhar pó.
E depois, nem é preciso falar do custo das infra-estruturas, isto são dez Euros juntos! A factura do Euro já foi demasiado pesada, e vai levar anos a sanar, mas
será preciso termos outro país na altura, com outro modelo de desenvolvimento, e outra pedalada, para aguentarmos uns Olímpicos.
Mas por agora, vamos receber o campeonato do mundo de vela em 2007 (isso sim, é realístico, e vai permitir a requalificação da zona da baía de Cascais), e soube hoje que ganhámos a organização do Europeu de Futsal, também em 2007! Já não é mau de todo, para um pequeno país que anda muito depauperado.

Sunday, March 06, 2005

Desporto em Portugal

Foi um fim de semana em grande para o depauperado desporto Português (sim, porque o futebol não é tudo). Naide Gomes tornou-se campeã Europeia do salto em comprimento, Tiago Monteiro estreou-se na Fórmula 1 e conseguiu acabar a corrida (é o melhor que se pode pedir do rapaz agora), e Portugal ganhou à Estónia na 1ª eliminatória da Taça Davis (Grupo I, zona Euro-Africana, uma espécie de 2ª divisão do ténis), o que à partida lhe garante a permanência nesta divisão. Por outro lado, Telma Monteiro e Ana Hormigo ganharam medalhas de bronze num torneio super-A de judo algures na Europa.
Ah, e já me ia esquecendo, José Mourinho ganhou 3-1 ao Norwich e beneficiou do empate do Manchester para dilatar a sua vantagem na Premiership para 8 pontos, com um jogo a menos.
Para um país de ditadura futebolística, que tem estádios de futebol do melhor que há mas que não tem sequer uma pista de atletismo "indoor" para os atletas treinarem no Inverno, já não é nada mau.

Saturday, March 05, 2005

Chapitô

Tenho uma linda amiga Galega, a Loaira, a trabalhar no NetJazzCafé, do Chapitô, aos sábados. Tenho de me lembrar de ir lá um dia, porque ando a ignorar um dos espaços mais únicos de Lisboa.

Ajuda precisa-se

Tenho um amigo da Roménia que precisa rapidamente de encontrar um parceiro local (uma organização de estudantes) para concretizar o seu projecto. Aqui fica o mail:

Dear Tiago,
First of all: GOODLUCK with your work and studies, I really hope you are doing fine! Thank for the help, Iwill kindly ask you one more thing: FIND US A PARTNERORGANIZATION !.I won’t let our exchange idea to die so easily, so I’msuggesting you a WONDERFUL OFFER: to come to Iasi inthe best period ever SUMMER, for our exchange. You canbe the group leader, or a normal participant.So, Iasi will host an organization from Portugal inthe first time. We’ll apply for funds at the NationalYouth Agency in Romania, to host you COMPLETELY FORFREE for 7 days: 16 – 23 July 2005.Here's the information I suggest for the application,I need to know if you can send me a contact from ayouth organization.The urgent thing is that I need the partnershipagreement in 1 week. The partnership agreement is 1page length, with the data of your association, youmust send it to me by FAX and normal MAIL.Duration:- start date (first exchange) : 16 – 23 July 2005,hosting in Iasi, Romania- end date (the second exchange): Autumn(October) 2006hosting in Portugal,- length of the exchange activities (total number ofdays, traveling excluded) 2 exchanges X 7 days = 14daysMain Theme: European CitizenshipObject: the involvement of youth in the decisionalsector, public life, etcProposed Subjects:- Definition: what does the European Citizenship mean,what are the opportunities offered to European youngpeople?- Common European values and general principles in thenew EU Constitution;- European Citizenship: Rights and Duties.- Conclusion: a resolution of what young people isthinking about European Citizenship, way of improvingthis new concept- Related themes in discussion: discrimination,xenophobia, national policies of protecting HR;Participants- Total number of participants from each local: Isuggest 12, including group leadersI just hope you can find somebody as enthousiast as Iam :-),Thanks,Doru

Friday, March 04, 2005

Governo não!

António Vitorino, Vitor Constâncio (presidente do Banco de portugal) e Sobrinho Simões todos recusaram cargos no Governo. Isto é muito óbvio, é sinal de que o pessoal que está bem na vida e ocupa óptimos lugares não está para se chatear (e acima de tudo queimar) com a exposição pública e as frustrações de um cargo de ministro. Servir o país é nobre, mas eles são tudo menos parvos.

Thursday, March 03, 2005

Chulices

Hoje adiciono o blog Não chularás o Papai , que é provavelmente o blogue mais subversivo da minha lista de ligações. Não percam.

Wednesday, March 02, 2005

Carreiras internacionais

Estive a ler um artigo sobre os Portugueses que trabalham na Comissão Europeia em altos postos. Parece que desde que o Durão Barroso foi para lá, houve imensos comissários a contratar Portugueses para os seus gabinetes a fim de entenderem melhor como funciona a mentalidade Portuguesa, e terem mais possibilidades de influenciar o Presidente. Podendo isto dar mais visibilidade e influência a Portugal ou não, permite a muitos tugas construírem uma carreira internacional. Como dizia no artigo, "os Portugueses têm uma capacidade de trabalho e de relacionamento humano acima da média." No entanto, o nosso problema é não sabermos que existem estas oportunidades, ou onde encontrá-las. E mais uma vez, volto ao artigo, que dizia, "os Portugueses querem apanhar o autocarro, mas não querem esperar na paragem." E esta, hein?

Tuesday, March 01, 2005

Colégio Moderno

No outro dia recebi uma carta da Associação de Antigos Alunos da minha antiga escola, o Colégio Moderno, a dizer que já não pagava as quotas há cinco anos e arriscava a expulsão. Estava inclinado a não pagar, até que o meu pai me disse que seria boa ideia manter o contacto, e participar em algumas actividades, como o Almoço anual de verão ou o Jantar anual. O Colégio Moderno, propriedade da família Soares, tem muitos antigos alunos que são gente muito influente da sociedade Portuguesa, e portanto, cheguei à conclusão que os meus pais tinham razão, e que eu não deveria fechar as portas a esta instituição, até porque nunca se sabe quando nos iremos cruzar com fulano ou sicrano tal durante a nossa vida! E eu até gostei de lá andar!