Think Tank Tuga

Wednesday, April 06, 2005

Sinais dos tempos

O meu prédio já não é o que era. Quando era pequeno, era um sossego, e os nossos vizinhos limitavam-se a jovens famílias que podiam não ser as pessoas mais simpáticas do mundo, mas nunca faziam barulho e não causavam problemas.
Hoje em dia, tudo mudou. O sossego desapareceu. Saíram inquilinos, entraram outros novos, os meus vizinhos de cima, ambos médicos, divorciaram-se, teno o marido saído de casa, vieram estudantes ocupar um dos apartamentos, que fazem montes de barulho, instalou-se uma escola de yoga mesmo por baixo de mim, que faz festas todas as semanas, o novo restaurante do lado, que se especializa em peixe grelhados, não sei bem porquê, manda a combustão toda para dentro do nosso prédio, enfim... e quando a minha vizinha médica (a tal que se divorciou) arranja uma empregada oriunda de um país do Leste Europeu (se calhar era arquitecta no seu país e o marido cientista trabalha nas obras), é sinal de que os tempos são outros. O meu tio está farto, acha que morar nas Avenidas Novas é actualmente um calvário. Eu apesar de concordar que a qualidade de vida estar pior que nunca, prefiro ainda enumerar as vantagens. Estou perto de tudo, e tenho todos os recursos que preciso à mão de semear: supermercados, bancos, correios, centros comerciais, transportes, e até local de trabalho! É claro que não se trata de uma boa localização de férias! mas para viver durante a semana de trabalho dá muito jeito.
Tou para ver o que vai ser quando inaugurar o centro comercial do Campo Pequeno, na Praça de Toiros. Montes de pessoal a roubarem-nos os lugares de estacionamento a que legitimamente temos direito, barulho pela noite dentro. O que é que se há de fazer, é o progresso... aquele que tanto aplaudimos, e pelo qual tanto ansiamos, mas que traz consigo novos problemas.

1 Comments:

  • Quando os meus pais vieram morar para a casa onde eu ainda hoje moro, as pessoas eram todas um pouco mais velhas que eles. Agora cerca de 30 anos depois, parece que as unicas mudanças que houve foram para o cemiterio! Como ja podes ter adivinhado na minha zona há uma predominancia de idosos que ja vivem aqui há muitos anos! Por isso não posso dizer que me identifique muito quando falas em mudanças! Já quanto á falta de lugares de estacionamento eu identifico-me! Vivo muito perto de uma estação de comboios e sempre estive habituada a dificuldade em arranjar lugares na zona! Desde que puseram o parque pago resolveram um problema e criaram outro! É que agora o meu pai arranja semore lugar a porta de casa, mas apesar de haverem montes de lugares (se calhar tambem devido a população envelhecida dos lotes) cada casa só tem direito a um! Por isso tenho que estacionar o meu carro longe de casa quando tenho lugares á porta! Não se pode ter tudo!

    By Blogger loba, at 10:47 AM  

Post a Comment

<< Home